Cicatrizes

Cicatrizes, como reduzir sua aparência.

A cicatriz umbilical é nossa primeira cicatriz. Com o passar dos anos surgem novas cicatrizes, sejam elas decorrentes de algum trauma ou cirurgia. As cicatrizes são formadas por um tecido de reparação.
Nas cicatrizes “normais” o tecido de recuperação apenas substitui o local do traumatismo, não apresenta relevo e a coloração pode ser avermelhada ou mais escura que a pele ao redor.
Em algumas circunstâncias ocorrem produção excessiva do tecido de reparação levando a formação de cicatrizes hipertróficas ou cicatrizes queloidianas. Nas cicatrizes hipertróficas o excesso de tecido de reparação respeita as margens da cicatriz original, levando a formação de relevo, de coloração avermelhada ou escuredida (figura 1). Exemplo de cicatriz normal e cicatriz hipertrófica.
Já na cicatriz queloidiana ou simplesmente quelóide, ocorre produção excessiva de tecido de reparação que avança além das margens da cicatrizes original.
Podem atingir com grande dimensões, sendo mais comuns no tronco e em pessoas morenas ou de raça negra (figura 2). No quelóide o tecido de reparação avança além das margens originais da cicatriz.